quarta-feira, maio 02, 2007

Ironia

Assusta-me muito, mas por uma vez (garanto que é a única) estou de acordo com alguém do Bloco de Esquerda...

6 comentários:

João Cruz Borges disse...

Caro Zé Maria

Não é você um homem que diz ser aberto á verdade? Lembre-se que tal como a sua direita, também nós na esquerda procuramos aquilo que é melhor para o Homem e para a sociedade. Já Marx dizia "a religião é o ópio do povo" e bem vejo o que a sua lhe fez- você não passa de mais um católico faccioso e preconteituoso para com a esquerda e os interesses do Povo ,preocupando-se apenas com os seus interesses e os dos seus amigos católicos capitalistas.

Mr. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Telles e Castro disse...

É BLOCO É ESQUERDA É BLOCO DE ESQUERDA!

Pedro Telles e Castro disse...

Alguém vende chamon?

ZMD disse...

Caro João,

O BE nunca propros nada de sério. As únicas propostas do BE são destrutivas e demagogicas e tem como único fim ganhar votos.

Por isso dificilmente concordarei com algum bloquista.

Quanto a Marx e aos seus dizeres, a história provou o que dai adveio: sangue, mortos e destuição...

João Cruz Borges disse...

Caro Zé

Propostas destrutivas? DemaGógicas? Tais como, diga-me lá? Se defender os interesses do Povo é destrutivo então consedere-me claramente inserido nesse grupo. Mais, se o comunismo de Marx falhou na URSS não foi devido ás mortes que ouve, tal foi necessário para destruir um sitema político que levava a um desequilíbrio entre os constituintes duma sociedade. O mundo caminha para uma igualdade entre cidadãos e a única coisa que a sua igreja sabe propor é essa desigualdade. Mais, se FALA EM MORTES E EM ERROS, olhe primeiro para a sua IGREJA e a inquisição. Por vezes é necessário uma revolução, sangue quando o que se prpõe advir daí é algo mais benéfico do que o sistema que antes vigurava - e foi isso que o comunismo fez, tese já antes defendida por um doutor da igreja, Santo Agostinho. Se veio a falhar foi devido ao não total isolamento do regime perante os outros sistemas económicos o que acabou por levar de novo aos desequilíbrios e desigualdades. Veja se se deixa de preconceitos